Moda e Saúde: O que elas tem em comum?

Raramente se faz uma conexão entre moda e saúde. Essa conexão vem como nossas escolhas de moda podem ter um impacto sobre o nosso bem-estar, tanto negativo como positivo.

Você pode entender que a moda está conosco em todos os momentos e inclui mais do que como nós vestimos.

A moda desempenhou um papel importante em nossa saúde, particularmente nas mulheres, ao longo da história (por exemplo, durante a era vitoriana os espartilhos que as mulheres usavam afetavam sua coluna e sua capacidade pulmonar).

Entendeu? Vamos falar sobre a relação entre moda e saúde, em toda a sua glória e riscos.

Vamos começar com o bom

Moda tem muito a ver com o empoderamento das mulheres e fazê-las sentirem-se bem consigo mesmas.

Em um artigo publicado no Journal of Experimental Social Psychology, os autores escrevem que há um significado simbólico nas roupas, tanto de uma perspectiva pessoal quanto social.

Por exemplo, se você está vestindo um terno, se sentirá mais confiante em relação à sua carreira?

E as pessoas instantaneamente terão uma postura mais profissional porque você está de terno?

Se você estiver com um vestido preto, se sentirá sexy e elegante, será abordada como tal?

Por outro lado, temos a atitude sociocultural em relação à aparência que muitas vezes é derivada de revistas e pode ter um efeito sobre a insatisfação corporal.

Como conseqüência, temos uma inter-relação da percepção negativa da imagem corporal e da depressão, o que pode resultar em suscetibilidade a transtornos alimentares, um problema comum na indústria da moda.

Dica: Como encontrar roupas de marca femininas no atacado

A estrada espinhosa para o tamanho zero

O Conselho de Estilistas da América reagiu com grande preocupação sobre modelos “pouco saudáveis”.

Eles pediram para aumentar a conscientização sobre os sintomas do transtorno alimentar e decidiram enviar uma mensagem poderosa em desfiles de moda onde eles não escolheriam modelos de tamanho zero.

Ainda assim, a guerra acabou de começar e esta é apenas a primeira batalha.

Muitas mulheres, até mesmo adolescentes, olham para modelos super skinny e acham difícil, para não dizer impossível, alcançar as suas formas corporais. É por isso que muitas se voltam para dietas da moda insalubres e produtos de perda de peso “milagrosos”.

Enquanto algumas dessas dietas e pílulas mágicas podem levá-lo a perder peso rapidamente, os quilos voltam ainda mais rápido, e com consequências sérias para a saúde.

Muitas das mulheres e homens que recorrem a essas formas de perder peso não entendem que a melhor maneira de ter uma aparência saudável (e não o tamanho zero) é manter uma dieta e exercício equilibrados.

Você pode usar suplementos naturais, chás e os chamados superalimentos para um gerenciamento eficaz da perda de peso e ganho muscular ideal se esse for seu objetivo.

Como o que você veste pode “machucá-lo(a)”?

Não acredite quando alguém lhe diz que a moda não pode ser confortável.

Aqui estão algumas coisas que consideramos padrão na moda, mas prejudicam nossa saúde:

Jeans Skinny: Você pode amar seu jeans bem apertado, mas você sabia que isso pode levar a infecções fúngicas e comprometimento nervoso? Então, da próxima vez, opte por jeans mais soltos, mas respiráveis, que ainda pareçam sexy, mas que não causem desconforto e problemas de saúde.

Veja também: Como encontrar as TOP roupas da moda

Salto alto: Um estudo publicado no Journal of Applied Physiology descobriu que as mulheres que frequentemente usam saltos altos correm o risco de desenvolver danos permanentes nos quadris, nas costas e nos joelhos. Não acredite? Basta lembrar quantas vezes você se queixou de dor lombar depois de usar saltos altos por um curto período de tempo. Claro, isso não significa que você deve desistir de usar saltos. Basta encontrar os modelos de apoio e manter sempre um par de calçados mais confortáveis com você, caso sinta desconforto.

Cor do cabelo: Balayage, ombre, cabelo vermelho, entre tantas outras cores. Todas essas tendências podem fazer seu cabelo parecer fantástico, mas somente se usar tinturas de cabelo livres de substâncias químicas nocivas.

Maquiagem: É o mesmo problema das tinturas de cabelo. Maquiagem é o melhor amigo de uma mulher, mas alguns dos produtos contêm ingredientes tóxicos que entram em seu organismo através da sua pele. Felizmente, hoje em dia existem tantas opções orgânicas que usar maquiagens de forma saudável não é mais uma preocupação tão grande assim.

Finalmente, a moda pode afetar indiretamente a nossa saúde, pois os produtos de moda, incluindo roupas e maquiagem, têm impacto sobre a qualidade do solo, do ar e da água.

Por exemplo, se o algodão é necessário para produzir roupas, é mais provável que seja cultivado com o uso de pesticidas. Isso polui o solo e causa danos a todo o ambiente. Em troca, esse processo de produção prejudica a saúde de toda a população.

Daí o grande passo em direção à sustentabilidade na moda. Esperamos que em breve toda a moda se torne ambientalmente correta.

Escreva um comentário